Gestor do IDII palestra sobre as relações dinásticas do Brasil no Oitocentos

Em parceria entre o Museu Imperial, unidade petropolitana do Instituto Brasileiro de Museus (Ibram), a Universidade Católica de Petrópolis (UCP) e o IDII, realizou-se hoje o minicurso “Relações Dinásticas no Brasil Oitocentista: Genealogia e História”, no Auditório Multimídia do Museu.

Os alunos da graduação em História e Relações Internacionais da UCP foram o público-alvo do evento, que contou ainda com a participação de funcionários do Museu. Coordenou as atividades o Prof. Bruno Tamancoldi Muniz, chefe do Departamento de História da UCP.

O gestor do IDII, Prof. Bruno da Silva Antunes de Cerqueira, discorreu sobre os casamentos do príncipe espanhol D. Fernando (futuro D. Fernando VI) com a infanta portuguesa D. Maria Barbara, em 1719; do infante português D. João com a infanta espanhola D. Carlota Joaquina, em 1785; do príncipe-herdeiro luso-brasileiro D. Pedro de Alcantara com a arquiduquesa austríaca Leopoldine, em 1817; do imperador brasileiro D. Pedro I com a princesa bávara e napoleônica Amelie de Leuchtenberg, em 1829; do imperador brasileiro D. Pedro II com a princesa napolitana D. Teresa Cristina Maria, em 1843; e da princesa imperial brasileira D. Isabel com o príncipe francês Gaston de Bourbon-Orleans, em 1864.

Os demais casamentos da realeza brasileira também foram explicados, além das uniões celebradas entre a nobreza brasileira e diversas nobrezas europeias.

Presentes ao evento, ainda, o Conselheiro Luciano Cavalcanti de Albuquerque e a Profª. Erika Morais Cerqueira, historiadora muriaense, que lançara o livro “Habitar o passado: Gustavo Barroso e seu tempo”, no Museu Histórico Nacional, na véspera do evento.

Fotos do IDII.

 

Este slideshow necessita de JavaScript.

Anúncios
Esse post foi publicado em Sem categoria e marcado , , , , , , , , , , , , , , , , , , , . Guardar link permanente.