Sai nova edição de “Das cores do silêncio”, da historiadora Hebe Mattos

O IDII divulga o relançamento da grande obra da historiadora carioca Hebe Maria Mattos, professora titular de história do Brasil na Universidade Federal Fluminense. A Profª. Hebe Mattos é especialista em história social da escravidão e do Pós-Abolição no Brasil, sendo autora e coautora de diversos livros e artigos a respeito do tema, entre eles Ao sul da história — Lavradores pobres na crise do trabalho escravo (1987, 2009) e Memórias do cativeiro (2005).

coresdosilencio

SINOPSE

Das cores do silêncio, primeiro lugar do Prêmio Arquivo Nacional de Pesquisa no ano de 1993, foi publicado pelo Arquivo Nacional em 1995, com uma segunda edição em 1998. O livro lançou novo olhar sobre a trama e o drama da Abolição e do Pós-Abolição, tendo por foco as aspirações de liberdade da última geração de africanos escravizados nas lavouras cafeeiras do Sudeste e de seus descendentes diretos. As fronteiras fluidas entre escravidão e liberdade, examinadas quase ao microscópio no trabalho, iluminam um processo específico de racialização pelo avesso, associado às primeiras definições do cidadão brasileiro como portador de direitos civis e políticos. Das cores do silêncio foi pioneiro em destacar o silêncio na documentação pública sobre as cores dos brasileiros livres afrodescendentes, prevalecente desde meados do século XIX. A nova edição vem acrescida de um posfácio, que busca refletir sobre a atualidade do livro para as discussões em curso hoje, no Brasil, sobre esquecimento, silêncio e memória da escravidão.
Esse post foi publicado em Sem categoria e marcado , , , , , , , , , , , , , . Guardar link permanente.