Dr. Fernando Penna é titulado Sócio Honorário do IDII

Recebeu hoje o título de Sócio Honorário do IDII o Prof. Dr. Fernando de Sousa Penna.

Nascido no Rio de Janeiro, em 14 de dezembro de 1926, Dr. Fernando Penna é filho do médico sanitarista Oswino Álvares Penna (1888-1963), assessor de Oswaldo Cruz (1872-1917) e primo do Presidente da República Affonso Penna (1847-1909). Dr. Oswino Penna foi o descobridor da esquistossomose no caramujo e hospedagem no fígado. Foi aluno de Louis Pasteur (1822-1895) e criou no Brasil a Anatomia Patológica.

A Senhora Oswino Penna era Hilda Murtinho de Sousa (1900-1988). Ela era sobrinha do Senador da República Joaquim Murtinho (1848-1911), ministro da Fazenda do Presidente Campos Salles, de 1898 a 1902.  Dona Hilda era prima-irmã de Laurinda Murtinho dos Santos Lobo (1878-1946), grande ícone da belle époque carioca e mecenas do bairro de Santa Teresa.

Fernando Penna bacharelou-em Medicina na Escola de Medicina e Cirurgia do Estado do Rio de Janeiro em 1953. Especializou-se em Radiologia, tendo estudado com os Professores Nicola Caminha e José Guilherme.

Dr. Fernando Penna tornou-se médico efetivo do Estado da Guanabara em 1966 e foi designado para o IASEG (depois, IASERJ), hospital exemplar onde foi chefe do Serviço de Raios X. No mesmo ano foi para o Instituto Estadual de Radiologia  e Medicina Nuclear Manuel de Abreu, onde começou suas pesquisas e organizou a seção de Radiologia Ginecológica, até então inexistente.

Passou a dar aulas no Curso do Colégio Brasileiro de Radiologia, onde lecionou até os 75 anos.

Fundou o Serviço de Radiologia, no Hospital do Fundão (UFRJ) em 1975 com o Professor Nicola Caminha (1910-1995), como catedrático, e Abércio Arantes, Walter Azevedo, Otacílio Rezende e Waldemar Kshinevesk como livre-docentes. É o único vivo do grupo….

Dr. Penna representou o Brasil em diversos congressos de Radiologia na América do Sul, na Europa, no Japão, no Havaí etc.

Recebeu vários prêmios e condecorações. A de que mais se orgulha é de ter sido o médico que mais participou de bancas de mestrado e doutorado na UFRJ.

Foi um pioneiro da mamografia no Brasil. Nos anos 1960, quando não existiam mamógrafos, ele mergulhava a mama em misturas químicas e com aparelho convencional, conseguia detectar tumores. Vinha gente de toda a América para aprender com ele.

Antes também da existência do ultrassom conseguia, injetando ar na pélvis, ver os ovários, as suprarrenais etc., e diagnosticar várias doenças. A pneumopelvigrafia ganhou o prêmio máximo no I Congresso Luso-Brasileiro de Radiologia, no Rio de Janeiro, em 1965.

Dr. Penna tem livros e dicionários médicos publicados, e ainda artigos em revistas e periódicos especializados.

Em 11 de novembro de 1961, Fernando Penna desposou a Senhorita Maria Cecília Pires de Carvalho e Albuquerque, da Casa da Torre de Garcia d´Ávila. Têm cinco filhos e sete netos.

Nas fotos vê-se o IDII em reunião de conselheiros na residência da Cons. Maria Cecília Penna, no Flamengo. A Presidente Laila Vils solicitou à Senhora Fernando Penna que entregasse o título de Sócio Honorário a seu marido.

Estiveram presentes os Conselheiros João Pedro de Saboia Bandeira de Mello Filho, Barão de Saboia-Bandeira-de-Mello e Subprocurador-Geral da República, Maria Adelaide Barreto, Maria Augusta Paula, Diác. João Dias Rezende, Romeu Francisco Costa, Luciano Cavalcanti de Albuquerque e Bruno de Cerqueira.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Anúncios
Esse post foi publicado em Sem categoria e marcado , , , , , , , . Guardar link permanente.