Embaixadora da Albânia recebe IDII e TICAN-Brasil

João Pedro Bandeira de Mello e Bruno de Cerqueira foram recebidos hoje por Sua Excelência a Senhora Tatjana Gjonaj, Embaixadora da República Albanesa em Brasília.

Conversaram sobre a história das relações bilaterais Brasil-Albânia e o interesse cultural da TICAN e do IDII de promoverem um evento que renda homenagem à memória do Rei Zog I dos Albaneses (1895-1961), cujos restos mortais foram recentemente repatriados em Tirana.

A Senhora Embaixadora também se lembrou das origens albanesas da falecida Dona Fátima (1923-1990), Princesa Dom João de Orleans-e-Bragança, nascida Xarifa Fatma Chirine, da nobreza egípcia. O primeiro marido dela havia sido o Príncipe Hassan Tussum (1901-1946) Com efeito, a dinastia real egípcia — Casa de Mohammed-Ali — é albanesa e toda a antiga Corte do Cairo era muito influenciada pelas tradições albanesas. A Princesa D. Fátima é a mãe de D. João Henrique de Orleans-e-Bragança, bisneto da Redentora.

o

IMG_0006

Anúncios
Esse post foi publicado em Sem categoria e marcado , , , , . Guardar link permanente.