Laila Vils e Maria Cecilia Penna visitam a Bahia

A Presidente Laila Vils e a Conselheira Maria Cecília Penna visitaram inúmeros prédios históricos de Salvador e adjacências, cumprindo agenda de mais um aniversário de falecimento de Dona Catharina Álvares Paraguaçú (1495-1583), a principal matriarca indígena da História do Brasil.

Conforme o IDII já divulgou anteriormente, a Jorn. Maria Cecília Pires de Carvalho e Albuquerque (Senhora Fernando Penna) é a descendente direta do casal Caramuru-Paraguaçu que mais se empenha na revificação da memória de seus ancestrais.

Nessa ida à terra soteropolitana, as conselheiras do IDII compareceram a eventos nos seguintes locais:

  1. Mosteiro de São Bento da Bahia (Arquiabadia de São Sebastião da Bahia), cujo titular é nosso Sócio Honorário D. Emanuel d´Able do Amaral;
  2. Igreja da Graça, em que se celebrou a missa em sufrágio da alma de Dona Catharina Paraguaçú. Este desejo expresso no testamento dela, de que se celebre por sua alma, é cumprido rigorosamente todos os dias 18 de dezembro, no templo que acolhe seus restos mortais;
  3. Solar do Unhão, atual Museu de Arte Moderna de Salvador, a antiga propriedade dos Pires-de-Carvalho-e-Albuquerque que hospedou a Família Real lusitana em 1808 e que foi doada ao governo baiano no século XX;
  4. Igreja e Convento de São Francisco, considerada uma das Sete Maravilhas de Origem Portuguesa do Mundo, onde está instalado o Museu de Arte Sacra da Arquidiocese de Salvador da Bahia;
  5. Instituto Geográfico e Histórico da Bahia, no qual figuram retratos a óleo de D. Pedro II e D. Thereza Christina Maria;
  6. Parque Histórico da Casa da Torre de Garcia d´Ávila.

Nas fotos, abaixo, aparecem os parentes da Cons. Maria Cecília: o presidente da associação cultural da Casa da Torre, Dr. Christóvão Dias de Ávila e o administrador Carlos Pires de Carvalho e Albuquerque.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Anúncios
Esse post foi publicado em Sem categoria e marcado , , , , , , , . Guardar link permanente.