IDII entrega a Dom Filippo Santoro seu Título de Sócio Honorário

De partida para a Itália onde assumirá como titular da Arquidiocese de Táranto, Dom Filippo Santoro foi homenageado hoje, na cidade do Rio de Janeiro, onde há 27 anos iniciou sua missão em terras brasileiras, com uma Missa em Ação de Graças na Paróquia Nossa Senhora de Copacabana.

Concelebrada por Suas Excelências Reverendíssimas os Senhores Dom Orani João Tempesta OCist., Arcebispo de S. Sebastião do Rio de Janeiro, Dom Edson de Castro Homem, Bispo Auxiliar emérito do Rio de Janeiro, e Dom Paulo Cezar Costa, Bispo auxiliar do Rio de Janeiro, mais 13 sacerdotes, dentre os quais o Pároco de N. S. de Copacabana, Mons. Abílio Ferreira da Nova, a Missa, presidida por Dom Filippo, foi permeada de dezenas de homenagens de várias pessoas da comunidade, de autoridades, e de membros do movimento “Comunhão e Libertação”.

Dentre as homenagens, foi-lhe entregue o título de Sócio Honorário do IDII pela Presidente Laila Vils e pelos Conselheiros Maria Cecília Penna e João Dias Rezende Filho.

Dom Filippo agradeceu falando da importância do resgate da História do Brasil, sobretudo do período imperial. Durante a Missa, João Dias Rezende Filho, que é seminarista da Arquidiocese de São Luís do Maranhão, acolitou e rezou as preces da Oração Universal. Dom Filippo em sua homilia contou como se deu o processo de sua vinda para o Brasil, falou de sua relação com Mons. Luigi Giussani, fundador do movimento católico “Comunione e Liberazione”, da necessidade de se estar sempre disponível para acolher os desígnios de Deus e, como cristãos, tornar sempre visível a face de Cristo para toda a sociedade.

Ao final, Dom Filippo pediu a oração de todos pela nova missão que desempenhará em sua terra natal.

O IDII augura a Dom Filippo uma profícua missão em Táranto, com a certeza de que Sua Excelência saberá conduzir com segurança e sabedoria o rebanho que lhe foi confiado pela Igreja.

Anúncios
Esse post foi publicado em Sem categoria e marcado , , , , , . Guardar link permanente.