IDII recebe o Título de Utilidade Pública Municipal do Rio de Janeiro

CÂMARA MUNICIPAL DO RIO DE JANEIRO

 

PROJETO DE LEI1149/2011

EMENTA:

INCLUI NA LEI Nº 5.242/2011 O IDII – INSTITUTO CULTURAL DONA ISABEL I A REDENTORA COMO DE UTILIDADE PÚBLICA

Autor(es): VEREADORA SONIA RABELLO

A CÂMARA MUNICIPAL DO RIO DE JANEIRO

D E C R E T A :

Art. 1° Fica incluído o Instituto Cultural D. Isabel I a Redentora – IDII no art.2º da Lei nº 5.242, de 17 de janeiro de 2011, que trata da Consolidação Municipal de Utilidades Públicas.

Art.2º Esta Lei entra em vigor na data de sua publicação.

 

 

Plenário Teotônio Villela, 8 de agosto de 2011.

SONIA RABELLO
Vereadora – Líder do PV

 

 

JUSTIFICATIVA

O Instituto Cultural D. Isabel I a Redentora é uma organização não-governamental voltada para educação, cultura, valorização da civilização brasileira e preservação da memória dos grandes vultos da transição entre o Oitocentos e o Novecentos, em especial de D. Isabel — popularmente conhecida como “Princesa Isabel” —, e dos Grandes Abolicionistas.

O Instituto, conhecido pela sigla IDII, foi fundado em 13 de maio de 2001, movido pela percepção, por parte de um grupo de pessoas, de uma visão distorcida ou até de grande desconhecimento, exibido por brasileiros de todas as classes sociais, a respeito de importantes episódios da História de seu país.

Essa ignorância prejudica fortemente o desenvolvimento do espírito de cidadania e de autoestima em grande parte do nosso povo, o que contribui para a manutenção de várias das deturpações sociais e políticas do Brasil atual.

O objetivo maior do IDII é apoiar a pesquisa e disseminar conhecimentos bem fundamentados de História, Cultura Brasileira, assim como noções de ciências políticas, junto ao público jovem e adulto, de todas as classes sociais, atuando em parceria com outras entidades do Terceiro Setor.

Resgatar o Abolicionismo e retomá-lo, em sentido lato, é a função precípua do IDII. A esse movimento denomina-se neoabolicionismo.

Embora concentre suas atividades no resgate histórico-cultural da memória de D. Isabel I e dos abolicionistas, o IDII objetiva mais: crê que o estudo e o ensino da História do Brasil aos brasileiros e estrangeiros que nela se interessem seja um fator de desenvolvimento socioeconômico e político. Todos os projetos culturais do IDII, portanto, giram em torno da Educação, alicerce real de qualquer desenvolvimento sustentável.

Fonte: http://www.camara.rj.gov.br/head_notes.php?url=http://mail.camara.rj.gov.br/Apl/Legislativos/scpro0711.nsf/SoniaRabelloInt?OpenForm

Anúncios
Esse post foi publicado em Sem categoria e marcado , , , , , , , , . Guardar link permanente.