Cerimônia de Premiação dos Alunos da Rede Municipal de Ensino do Rio de Janeiro pelo COMDEDINE. Teatro Carlos Gomes (Praça Tiradentes, antigo Largo do Rossio)

Relatório da Comissão de Educação do ano de 2008

A Comissão de Educação do Conselho Municipal de Defesa dos Direitos do Negro retomou seus trabalhos em 2008, no mês de fevereiro, convidando as professoras Elierte Santos de Souza e Regina das Graças Pires Bastos para darmos início as atividades do ano e definindo junto a diretoria executiva do conselho e as responsáveis pela Secretaria Municipal de Educação, o tema para a 15ª. Edição do Prêmio COMDEDINE de Pesquisa Escolar – Concurso Conselheiro Bernardes Filho.

Já em março, apresentamos em plenária a proposta de tema para o Prêmio aos outros conselheiros, que aceitaram com unanimidade o tema: “A Imperial Tricentenária Irmandade de Nossa Senhora do Rosário e São Benedito dos Homens Pretos”, deliberando sobre a formação da comissão organizadora do concurso:Ariane Cassimiro da Silva (coreógrafa), Bárbara Cristina Sá Sigilião (agente comunitária), Dulce Mendes Vasconcellos (professora), Elaine Coutinho Fernandes (assistente social), Maria de Fátima Gonçalves da Cunha (professora), Regina das Graças Pires Bastos (professora).

A partir daí, começaram os preparativos para o lançamento do Prêmio, que ocorreu no dia 13 de junho com uma missa solene na própria Igreja de Nossa Senhora do Rosário e São Benedito dos Homens Pretos.

Em seguida, foram organizadas algumas atividades para que as escolas, os professores e os estudantes da rede municipal se interessassem pelo prêmio, de forma a divulgá-lo. Então assim, além de promovermos um debate no mês de julho, realizamos, no mês de agosto, uma oficina de arte sobre o tema, distribuindo folhetos e cartazes do evento.

Com o envio dos trabalhos dos alunos até o dia 12 de setembro, iniciamos o processo de julgamentos dos trabalhos, selecionando uma Comissão Julgadora, que durante todo o processo teve a assessoria da Comissão de Educação e Organizadora do Prêmio.

Neste período também, organizamos e preparamos a Cerimônia de Premiação, que foi realizada no Teatro Carlos Gomes, no dia 18 de novembro, em que entregamos o prêmio para os alunos ganhadores. Nesta décima quinta Edição, apoiaram o concurso as seguintes instituições:Irmandade Nossa Senhora do Rosário e São Benedito dos Homens Pretos, Instituto Pretos Novos, Bosque de Marapendi e Liga Independente das Escolas de Samba; e nos ofereceram parceria para a premiação dos professores e alunos vencedores: Instituto Dona Isabel I a Redentora,  Associação das Escolas de Samba da Cidade do Rio de Janeiro e do Comitê de Vigilância contra a Discriminação Racial e Social, Batucadas Brasileiras, Universidade Federal do Rio de Janeiro- Instituto de Bioquímica Médica, Centro Cultural Cartola, Centro de Articulação das Populações Marginalizadas, Instituto Interamericano de Fomento à Educação, Cultura e Ciência.
Finalizando, então os trabalhos, com a organização e realização de um passeio étnico-ecológico – Jardim Botânico/ Igreja Nossa Senhora do Rosário e São Benedito dos Homens Pretos/Praça XV/ALERJ, com os professores e alunos ganhadores, e também os classificados.

A comissão de educação prestou assessoria à coordenadora do Pró-Jovem Estação Arlindo Rodrigues, e realizou uma palestra para o grupo de jovens que  discutia sobre racismo e preconceito, com vistas à construção de uma encenação teatral no projeto desenvolvido no período. Em  setembro, realizou-se, no Riocentro,  o V Seminário Integrado da Diretoria de Educação Fundamental- 2008, no qual a Professora Regina das Graças Pires Bastos, membro desta comissão, foi convidada a falar sobre o colegiado e o concurso de pesquisa escolar.

A partir da orientação da Professora de Fátima Gonçalves da Cunha, diretora do  E/DEF, e conforme a Resolução nº 624 de 06 de novembro de 1996 da Secretaria Municipal de Educação, estivemos em reunião com os representantes das Coordenadorias Regionais de Educação apresentando o tema do concurso, prestamos assessoria ao GT Africanidades e fornecemos material de apoio para a realização  dos Seminários desenvolvidos pelo E/DGE.

Helena Anastácia Garritano de Oliveira
Coordenadora da Comissão de Educação do COMDEDINE-RJ

Senhor Vanderli Teixeira, Dr. Jovelino Ribeiro e Prof. Bruno de Cerqueira aguardam
o início do evento, cujo mestre-de-cerimônia é o Jorn. Nilson Borges.

Outro conselheiro do COMDEDINE aguarda o início.

Prof. Bruno discursa para as crianças e os adultos sobre
a importância do neoabolicionismo.

Todos ouvem as palavras do Dr. Jovelino Ribeiro, Procurador da Irmandade do Rosário e membro da Associação dos Juristas Católicos do Rio de Janeiro.

Os alunos vencedores do Concurso sobem ao palco.

As crianças aguardam o sorteio do computador que o IDII doou,
por iniciativa dos Conselheiros Lêda Machado e Gary Bon-Ali.

O computador e seus equipamentos…

A Presidenta do COMDEDINE, Profª. Eliane de Souza, agradece pela
participação especial de todos os presentes.

Esse post foi publicado em Sem categoria e marcado . Guardar link permanente.