Noivado de S.A.R. a Princesa D. Isabel de Orleans-e-Bragança

A pedido de SS.AA.RR. o Senhor Príncipe e a Senhora
Princesa D. Fernando de Orleans-e-Bragança,

temos a honra de anunciar o noivado de Sua Alteza Real a Senhora
D. Isabel Maria Eleonora de Orleans e Bragança e Baere de Araújo,
Princesa de Orleans-e-Bragança, e
Sua Alteza Ilustríssima o Senhor Alexander Heinrich Martin Christoph Antonius
Franziskus Xaverius Benedictus Hubertus Maria zu Stolberg und Florin de Duikinberg,
Conde Principesco de Stolberg-Stolberg.

 O noivado foi celebrado no Rio de Janeiro, em 21 de outubro de 2008,
festa do Bem-Aventurado Carlos — último Imperador da Áustria,
Rei da Hungria, da Bohêmia etc. —,
beatificado por João Paulo II e comemorado
pelo IDII em 2004, por ser trineto de D. Pedro I do Brasil.

 D. Isabel de Orleans e Bragança, trineta homônima da Redentora,
nasceu no Rio de Janeiro, em 31.01.1978.

A trineta homônima da REDENTORA, homenageada em Fortaleza, em fevereiro de 2006.
(ACERVO DIGITAL IDII)

É a primogênita de D. Fernando Diniz (*1948), nascido Príncipe do Brasil (ren. 1975),
Príncipe de Orleans-e-Bragança, e de D. Maria da Graça (*1952),
nascida de Siqueira Carvalho Baere de Araújo, das aristocracias cearense e mineira.

D. Fernando Diniz é o quinto irmão de S.A.I.R. o Augusto Senhor D. Luiz (*1938),
Chefe da Casa Imperial do Brasil.

D. Isabel se graduou em Psicologia pela PUC do Rio de Janeiro em 2003,
tendo feito pós-graduação em Trabalho e Projetos Sociais na mesma faculdade, em 2005.

Após ter atuado na área de projetos culturais de uma grande indústria de gases do Rio de Janeiro,
foi viver em Bruxelas, onde trabalha no sistema bancário.

D. Fernando Diniz e D. Maria da Graça têm mais duas filhas:
D. Maria da Glória Cristina (*1982) e D. Luiza Carolina (*1984).
A primeira cursa arquitetura na Univ. Santa Úrsula e a segunda, administração na PUC-Rio.

Alexander de Stolberg nasceu em Frankfurt, em 26.02.1974. É o primogênito de
S.A.Il. o Conde Josef Emanuel Franz de Stolberg-Stolberg e de S.A.Il. a Condessa Franz,
nascida Jacqueline de Florin de Duikinberg (*1942), da nobreza não-titulada do Reino da Bélgica.

Ele se graduou em Economia na Universidade de St. Gallen (Suíça), em 1997,
aí obtendo, p osteriormente, o grau de Mestre em Gestão de Bancos.
Atualmente, é diretor de uma firma de investimentos.

 Ele tem três irmãos: Maximilian (*1976), casado com [a Condessa] Cecilia Floridi;
Maria Isabella (*1978) e Christian Henri (*1982).

 O primeiro ancestral registrado da Casa de Stolberg é Heinrich de Stolberg,
conde (comes) proveniente de Voigtstedt, no ano de 1200.

 A Casa se subdividiu ao longo dos séculos XIV, XV, XVI e XVII nos ramos de
Stolberg-Wernigerode, Stolberg-Stolberg, Stolberg-Ortenberg,
Stolberg-Gedern, Stolberg-Schwarza, Stolberg-Rossla.
Os quatro últimos já se extinguiram em linhas masculinas.

 O primeiro ramo (Stolberg-Wernigerode) é casa principesca do
Sacro Império Romano-Germânico– Altezas Sereníssimas.
Com a mediatização, passou à esfera do Reino da Prússia.

 A Casa de Stolberg-Stolberg ficou na esfera do Reino da Saxônia.
Em 1890 e 1893, Wilhelm II (*1859 †1941), Imperador alemão e Rei da Prússia,
confirmou as titulaturas de ambos os ramos.

 Os Stolberg-Wernigerode são príncipes e Altezas Sereníssimas.
O atual chefe da casa é o Príncipe titular (Fürst)
PHILIPP CONSTANTIN (*1967), casado com a Condessa Leonille Douglas (*1972).

 Os Stolberg-Stolberg são condes [principescos] e Altezas Ilustríssimas.
O chefe da casa e seus filhos são Altezas Sereníssimas: o atual é o
Príncipe titular (Fürst) JOST-CHRISTIAN (*1940),
casado com Sylvianne Janssens van der Maelen (*1956).

 O casamento de Suas Altezas terá lugar na Igreja da
Imperial Irmandade de Nossa Senhora da Glória do Outeiro no ano que vem.

 Felicitando comprazidamente os noivos e rogando a Deus
as maiores bênçãos ao casal e todos os seus familiares, firmamo-nos,

 Muito atenciosamente,  

Os Conselheiros do IDII.

Anúncios
Esse post foi publicado em Sem categoria e marcado . Guardar link permanente.